IFConnect > Visão do Autor > Um pouco sobre alguns comitês do MiniOnu

O Beijing (2015), que apresentava o tema Revisão da IV Conferência Mundial sobre as Mulheres, cativou debates sobre os mais diversos temas e problematizações envolvendo as mulheres nos últimos tempos. Durante os três dias de evento, organizados através de uma agenda que tinha como tópicos: “Economia, pobreza e oportunidades das mulheres”, “Direitos humanos e conflitos armados envolvendo as mulheres” e “Mulheres no poder e na mídia” , os delegados discusaram e defenderam a posição do seu respectivo país de forma a soar o mais próximo possível da realidade, sempre respeitando a política interna e externa do país que representavam e, principalmente, os direitos humanos. Após longas discussões e discordâncias, foram redigidas três propostas de resolução – uma para cada tópico – que procuraram agradar o máximo possível os interesses das nações presentes.

 

O maior comitê da 18° edição do MiniOnu: o COI (1973), sendo histórico, abordou como tema: o “Massacre de Munique (1972)”, resultado de um ataque terrorista durante os Jogos Olímpicos. Superando 100 delegações representantes dos Comitês Olímpicos Nacionais envolvidos, o COI apontou discussões pertinentes aos tópicos “Terrorismo transacional como risco à realização dos Jogos Olímpicos e ao Movimento Olímpico” e o “Papel dos CONs na transformação social através de esporte”, sendo aprovadas 3 propostas de resoluções com base no posicionamento das nações e na fidelidade do documento à situação política e econômica das mesmas durante o século XX. Além da simulação do comitê, o COI também foi um ambiente repleto de jovens interessados em adquirir novas experiências, além de amizades. Sendo assim, teve seus momentos cômicos como as “pérolas do MiniOnu”, muito populares entre os delegados.

 

O comitê ECOSOC (2016), que apresentava o tema A Cooperação para o Desenvolvimento e a Reestruturação da Ordem Mundial, instigou debates calorosos no âmbito econômico acerca de concepções e modelos de desenvolvimento empregados por países desenvolvidos, emergentes e não-desenvolvidos. Durante os três dias, pautados sob uma agenda que propôs certos tópicos como “O que deve ser considerado se desenvolver e A imposição de condicionalidades x autonomia de condução de política econômica”, os delegados discursaram, ora apresentando seus pontos de vista, ora alfinetando as delegações dos países rivais. Após longas discussões, redigiram duas propostas de resolução – uma para cada tópico – que tentaram conciliar interesses díspares das nações presentes. O link a seguir é de um álbum no Facebook do Primal Times, o Comitê de Imprensa do evento, com fotos do comitê ECOSOC (2016): https://www.facebook.com/pg/jornalprimaltimes/photos/?tab=album&album_id=1242620902550510

 

Já pensou em comandar uma divisão naval ou aérea de uma batalha pelo pacifico sul?

Durante 3 dias de simulação, 36 alunos tiveram essa oportunidade. Foi no comitê CCO (1942) que retratou a Batalha de Midway, em que os estudantes assumiram a posição de comandantes de diversas divisões dos exércitos do Estados Unidos e Japão. Durante o evento os alunos precisaram mostrar que conheciam suas tropas e demonstraram um ótimo desempenho, visando sempre o trabalho em equipe. Foram inúmeros debates para decidir posicionamento de tropas, possíveis ataques e defesas e a melhor forma de executar os comandos. A todo momento os diretores chegavam nas salas de aula centrais de comando com relatórios de batalha e mensagens via rádio, assim, deixando ainda mais realista e divertida a simulação.

Compartilhe isso:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

One thought on “Um pouco sobre alguns comitês do MiniOnu”

Comments are closed.