IFConnect > Visão do Autor > Secret Door

Os ponteiros do relógio giram, marcando continuamente o tempo, que insiste em passar cada vez mais rápido. As folhas caem no outono; na primavera, as flores florescem em uma exuberante essência de perfume e cores, passa-se mais um tempo e novas estações surgem. E num piscar de olhos uma vida inteira termina. Numa fração de segundos, uma morte fria e silenciosa nos abraça, arrancando bruscamente uma jovem alma de um corpo tão frágil.

Sendo assim, qual seria o verdadeiro significado da ignorância? Senão o ato de desperdiçar nossa vida sem qualquer tipo de remorso com ações fúteis e totalmente desprovidas de algum sucesso ou forma de ganho? Ou será que a ignorância se trata do fato de refletirmos todos os dias sobre essas mesmas coisas que necessitamos melhorar, porém sem nunca mudar nosso modo de agir e de pensar, pelo contrário, vivemos todos os dias sabendo o que é o certo a se fazer e também aquilo que devemos evitar, mas sempre, sempre vivemos com a inocência de acreditar que, por sermos jovens, a experiência da morte é algo distante e, muitas vezes, chega até a ser algo quase impossível.

E quando, de repente, chega o dia em que precisamos nos despedir da vida aqui ou daqueles que amamos, os quais subitamente nos deixam, uma enorme tempestade de arrependimentos nos acomete. Inúmeras palavras não ditas surgem imediatamente em nossos pensamentos, desde um simples “Eu te amo” até um pedido sincero de perdão, que poderia ter modificado o rumo de tantos finais.

Emocionantes e angustiantes imagens de abraços não concretizados junto das pessoas que amávamos se desvanecem tristemente bem diante de nossos olhos. E unicamente nos vemos mergulhados em um crescente desespero, onde somos eternamente atormentados pelo fantasma de uma saudade gritante que nos assombra em uma intensidade descontrolada.

Nosso tempo aqui na Terra se torna ainda mais curto quando não sabemos administrá-lo. É necessário perdoar e esquecer incessantemente, para que assim possamos aproveitá-lo ao máximo, ao invés de nos deixar guiar por rancores e ressentimentos.

É importante estarmos sempre atentos a tudo e a todos que nos cercam. Embora não poupemos esforços para transparecer que estamos sempre mais felizes, fortes e corajosos, uma simples anormalidade no curso de nossas vidas é capaz de transformar cruelmente a alegria em tristeza, belos sorrisos em salgadas lágrimas, o melhor dia de todos no mais tenebroso, a diversão e a satisfação em frustração e dor, o início no início do fim, a vida em uma dura morte.

O pior de tudo é a nossa falta de aceitação diante dos desafios e dificuldades do cotidiano e o absurdo modo com que elas nos incentivam a aprisionarmos cada vez mais nossos sentimentos, fechando decepcionantemente a porta secreta de nosso coração. Tornando-nos pessoas mais apáticas e distantes, incapazes de nos ajudar e de ajudar o próximo.

Talvez a vida fosse bem mais fácil se simplesmente parássemos de sentir, porque amar é sofrer. No entanto, o amor não deve ser considerado uma doença, mesmo assim ele dói e muitas vezes não nos faz tão bem. A saudade, os arrependimentos, a solidão, o ódio, são sentimentos que nos deixam doentes. Viver é uma das coisas mais difíceis, senão a mais difícil do universo.

Mas apesar disso, não devemos desistir de tentar, pois independentemente de ser complicado ou não, viver é algo totalmente necessário. Sempre vai haver um motivo, uma razão para continuar, algo em que acreditar, alguém para te apoiar nos momentos mais difíceis, sonhos para sonhar.

Porque o mundo é uma constante mudança e se hoje ele o faz chorar, amanhã ele pode muito bem fazê-lo sorrir. E é por isso que devemos sempre persistir em tudo o que fizermos, sonhar sempre, viver eterna e intensamente ao lado das pessoas que amamos, valorizando-as e cuidando delas ainda mais. E sempre deixar aberta a porta secreta de nosso coração. Para a entrada da alegria, mas também da dor.

Porque embora sentir seja extremamente penoso, é algo importante. A dor, na maioria das vezes, é consequência de nossas más ações nos trazendo assim ensinamentos e nos tornando mais fortes e preparados para os desafios que estão por vir. Por isso é necessário sempre lutar e nunca, jamais perder as esperanças.

Compartilhe isso:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.