• Atenciosamente, eu,  Série,  Visão do Autor

    Carta aos censores

    Caro leitor, O Dicionário Michaelis dá a seguinte definição a palavra censura: “Censuracen·su·raSubstantivo Feminino1 Ação ou efeito de censurar.2 Exame de trabalhos artísticos ou de material de caráter informativo, a fim de filtrar e proibir o que é inconveniente, do ponto de vista ideológico ou moral.” É sabido que há séculos, grupos, governos, ideologias, instituições e tantos outros componentes da ordem social à qual pertencemos atuam com mão de ferro para barrar pensamentos que divergem do aceito por tal grupo. Cito aqui alguns desses acontecimentos históricos, para posteriormente nesse texto, relatar a forma de censura que vemos ainda hoje, atuante em nossa sociedade. Entre os anos de 1559 até quatro…

  • Atenciosamente, eu,  Série,  Visão do Autor

    Carta a uma sociedade fascista e supremacista

    Caro leitor, Se você me acompanha, sabe que em todos os textos que escrevo nessa série, tento deixar minhas críticas em relação a ambos os lados, direita e esquerda; mas, hoje isso seria uma comparação injusta. Um dia em que tivemos grupos liderados por uma neonazista declarada indo fazer “manifestação” (lê-se terrorismo) com máscaras brancas e tochas nas mãos (parece que isso me lembra alguma coisa), pedindo o fim de uma instituição democrática. Nesse mesmo dia, um grupo de hackers indica ligação de grupos da extrema-direita de todo o mundo ao tráfico de pessoas. Ainda hoje, diversas manifestações contra o fascismo ocorreram em vários lugares do mundo, com a principal…

  • Atenciosamente, eu

    Carta a toda a sociedade

    Caro leitor, Eu havia me esquecido dessa série, na verdade, estava querendo me desligar de assuntos polêmicos, porque são exaustivos, e eu queria paz. Contudo, nosso país se encontra em uma época em que pedir paz é ser insensato ao ponto de negar a realidade. Certa vez, Martinho Lutero afirmou que deveríamos buscar “a paz, se possível, mas a verdade a qualquer preço”. Vivemos em um país polarizado, com ambos os lados em seus extremos, o diferente é combatido, e o sensato é chamado por ambos os lados de “isentão”. Concordo que não devemos ser isentos em relação a opressões, mas o mundo está bipartido, e isso faz muito mal…

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta a uma sociedade

      Caro leitor, É evidente o empenho dos três poderes em manter nosso país em um marasmo econômico, social e político. E toda essa falta de princípios se estende também a uma parte da população. Nossa sociedade está passando por um processo de normalização de atitudes de autoritarismo.Durante uma entrevista na rádio Jovem Pan, o jornalista, fundador do site de notícias “The Intercept”, Glenn Greenwald, é atacado pelo exponente do jornalismo brasileiro, Augusto Nunes. O que era pra ser uma entrevista com respeito bilateral se transformou em um espetáculo de mal-caratismo de ambas as partes, mas especialmente do brasileiro, que além de agredir o americano, insinuou que o mesmo deveria…

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta aos desavisados

    Caro leitor, Há muito que não escrevo nessa série que tanto me agrada, onde posso, com a clareza dos fatos, explanar minha visão sobre as ocorrências do cotidiano. Esse era para ser um quadro que levasse ao pensamento crítico e democrático, mas vejo, na sociedade, um movimento inverso.Em 1940, os alemães inauguraram, durante ocupação na Polônia, os famosos “guetos”, locais designados para isolar judeus do restante da civilização.Consequência: nos cinco anos que se sucederam, mais de seis milhões de mortes arbitrárias ocorreram na Alemanha e nos demais países em que o Nazismo imperava.Há alguns anos que a China vem instalando sofisticados sistemas de “segurança”. Cuidado, tudo que você faz e…

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta a uma utópica sociedade perfeita

    Caro leitor, Há aqueles que defendem Rousseau, afirmando enfaticamente que o homem nasce bom, sendo, o meio em que vive, influenciador de um futuro humano corrompido. Com todo respeito, Rousseau não sabia nada da vida. O ser humano desde a madre já é corrompido. Como seria diferente? Já nos primeiros segundos de vida, em um claro sinal de revolta, põe-se a chorar. O ser humano é revoltado contra sua própria natureza, o único animal que até mesmo no ato solene do nascimento, se revolta contra tudo e todos.  Anarco-capitalistas e anarco-comunistas propõem uma sociedade em que cada cidadão é dono de suas próprias regras, atuando como o seu próprio júri,…

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta a uma sociedade apatriota

    Caro leitor, Que atire a primeira pedra quem nunca disse ou ao menos ouviu alguém dizer “quando concluir a faculdade, irei embora do país”. Somos uma sociedade de inimigos de nós mesmos. Pensamos no Brasil como o fim do mundo, mas nem ao menos tentamos transformá-lo em um local melhor. Desistimos. É a única coisa que sabemos fazer de verdade, darmos as costas às dificuldades.  Nem ao menos damos o devido crédito ao Brasil, quando merecido. Segunda Guerra Mundial; o Brasil teve importante participação na libertação da Itália, mas não lembramos, preferimos apagar de nossa história qualquer ideia de um país poderoso, rico.  Um dos países com maior riqueza mineral,…

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta a uma sociedade volúvel 

    Caro leitor,  Agora que já nos conhecemos, sinto-me mais à vontade em abordar os mais variados temas. Sua opinião pode ter sido diversa em relação à minha primeira carta, e esse era de fato um dos objetivos de tal texto, trazê-lo para uma reflexão sobre situações que muitas vezes nem paramos para pensar. Espero que possamos manter uma relação de comunicação saudável independente de divergências. Sem delongas, vamos lá.  Talvez você, em algum momento da vida, tenha expressado seus sentimentos intensamente. A vida é uma tragicomédia, não há como negar. Vivemos de extremos, a vida deixou de ser simplesmente a vida. Não somos capazes de viver externos a isso, quando…

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta a uma sociedade imoral e irracional

    Caro leitor, Já olhou para alguém e pensou o que se passa na cabeça dela? Quando olho para os discursos de alguns políticos, penso em um vácuo intelectual, falta de lógica e sensatez. É o que eu vejo. Hoje, porém, imagino algo além disso. Vejo um político amado e odiado por muitos, que se denomina o faxineiro ético da política, que se elegeu com o voto do “cidadão de bem” (que, ironicamente, apoia a pena de morte. Que bondoso, o cidadão), dizendo coisas absurdas. Imagine um país rico. Certo, agora esqueça o que você acabou de imaginar, porque se concretizados os planos de nosso Ilustríssimo Presidente Jair “Messias” Bolsonaro, estaremos…

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta aos contraditórios manifestantes

    Caro leitor, Como você deve saber, o contingenciamento feito pelo governo tem causado certa oposição de grupos que de praxe discordam de qualquer palavra dita por nosso governante, mas, em momento algum, param para analisar as circunstâncias nas quais o país foi deixado. Nossa sábia estocadora de vento que não queria estabelecer metas, juntamente com o conde Drácula de Brasília, simplesmente acabaram com qualquer possibilidade de crescimento do país, econômico, educacional ou em qualquer outra área, a médio ou longo prazo. O contingenciamento é necessário (não entro na questão de que deveria ou não ser realizado da forma como foi), o país não tem a mínima capacidade de continuar esbanjando…