• Poema

    Preto e Branco

    Dê a si mesmo dias felizes, Para que assim possa colorir os dias tristes Seja a luz Que banirá as trevas que habitam o coração de toda a humanidade   Saia do preto e branco Permita-se experimentar todas as possibilidades que a vida tem a lhe oferecer Liberte-se de seus medos e angústias   Momentos bons, Para suprimir os momentos ruins Sonhos mágicos, Para extinguir todos os seus pesadelos   Saia do preto e branco Corra rumo à realização de todos os seus sonhos Vá em direção a sua paz   Pare de se culpar pelo que já passou Repense as suas escolhas Reescreva o seu futuro Seja você mesmo…

  • Poema

    Cruel veneno para a alma

    Amar não é somente receber, Mas também entregar-se. Amadurecer; Enlouquecer.   Não é somente obter, Mas também é perder-se. Fracassar; Desacreditar.   O amor pode ser um sonho. Do mesmo modo que poderá tornar-se pesadelo. Singelo devaneio, Doce anseio, Cruel veneno para a alma.   Pode incentivá-lo a sorrir Ao passo que é capaz de arrancar-lhe lágrimas. Encantadora dor, Poderoso amargor, Morte lenta da vida.   Mas como viver sem amor? Não é ele a origem de tantas coisas incríveis? Infalível cura da solidão, Origem da união, Incrível inspiração para essa canção… 

  • Poema

    Sobre amar…

    Amar, a mais nobre forma de expressar a lealdade do teu amor… Por amar, permite-te a experimentação glamorosa do sentir, o que te leva à comoção, Teu amor torna-te vulnerável aos vícios mundanos, de forma a fragilizar teu ego, A forma como tu amas torna-se tua acepção de ser e de sentir, Do teu amor, teu destino se declara, Pelo teu destino, descobre-te quem é digno de teu mais puro sentimento, Teu amor torna-te capaz de comover alguém a teu âmago, Teu amor te corrobora ao intenso sofrimento, menospreza-te a solidão, Mas permite que tua alma seja relevada ao esplendor, de modo a cerzir tuas feridas e curar tuas dores,…

  • Poema

    If you have ghosts

    A vida é um estado sem sentido De tantos deveres atribuídos, acaba corroído Pertencente a um lugar destruído Que aos poucos é corrompido Você tenta, mas é impedido De alguma forma, tenta desabafar Por causa da alma de um ser entristecido Que no fim, ninguém pode ajudar.

  • Visão do Autor

    Qual o sentido da vida?

    Qual é o sentido da vida para cada humano em específico? Uma pergunta aparentemente simples, porém, na tentativa de respondê-la, muitos acabam ficando em dúvida ou até mesmo não são capazes de dar uma resposta convincente. Não existe uma espécie de resposta padrão para essa indagação. Ela varia de acordo com o modo de pensar, com o próprio modo de viver do indivíduo indagado. Entretanto, na maior parte das respostas, é possível notar um certo fator em comum. Se forem interrogadas, por exemplo, pessoas religiosas adeptas da teoria do Criacionismo, de modo mais específico cristãos de fé e de prática, provavelmente, notaremos algo muito comum entre as respostas. Se são…

  • Poema

    Ele me amou por completo

    Ele notou a forma com que eu sorria Antes de notar meus erros. Ele notou o brilho dos meu olhos Antes de conhecer todos os meus defeitos. Ele notou o pequeno universo existente em mim Antes de reconhecer todo o caos existente nele. Ele não deixou de notar as coisas ruins Mas antes que fizesse isso, Ele amou a maior parte de mim Para, então Me amar por completo

  • Narrativa

    A História de Cléber

    O Manual do Caçador Cap. 1  A caçada aos subterrâneos. Vários barulhos, cantorias e brigas inundavam a taverna velha iluminada pela luz do sol onde várias raças diferentes se juntavam para beber e se divertir. Cléber, sentado em uma cadeira do balcão em frente ao dono da taverna, suspira e diz. – Me vê mais um co… – Cléber é acertado pelo soco de um anão. Em poucos segundos, a taverna inteira estava repleta de socos e apostas até que um guerreiro com uma armadura brilhante feita de um metal preto reluzente entra. Neste momento, a única coisa que dava para ouvir na taverna era o silêncio e os passos…

  • Poema

    O arrefecer amoroso

    Já me cansei de falar sobre o amor Pois fui tomado pela dor Escreverei agora sobre meu sofrimento E sobre as dores que sinto a cada momento Sobre as lágrimas que estão a cair Pois tudo está a decair Quero sair deste mundo Onde um depressivo é considerado um ser imundo Já ouvi dizer que a depressão é como uma sereia E na praia da vida eu escutei seu canto Nessa praia a tristeza era como a areia E não pude deixar de cair no seu encanto Sou apenas mais uma voz na multidão Querendo sair dessa solidão Estou a me afundar nessa areia Como se estivesse na forca dançando…

  • Poema

    Deixe-me ir

    Deixei ir a parte de mim que ainda te queria Deixei ir através das águas de minha alma, as lembranças às quais eu ainda me agarrava Deixei ir as palavras que se prendiam em minha garganta e me sufocavam o ar Deixei ir as esperanças as quais me prendiam pelos pulsos e me faziam prisioneira do passado Deixei que você partisse, com o meu “Eu te amo”, carregado sobre os ombros Deixei que você partisse e levasse consigo todos os meus segredos Deixei que partisse, como um estranho Que um dia conheci e chamei pelo primeiro nome E agora peço Para que Deixe-me ir

  • Atenciosamente, eu,  Série

    Carta a uma sociedade

      Caro leitor, É evidente o empenho dos três poderes em manter nosso país em um marasmo econômico, social e político. E toda essa falta de princípios se estende também a uma parte da população. Nossa sociedade está passando por um processo de normalização de atitudes de autoritarismo.Durante uma entrevista na rádio Jovem Pan, o jornalista, fundador do site de notícias “The Intercept”, Glenn Greenwald, é atacado pelo exponente do jornalismo brasileiro, Augusto Nunes. O que era pra ser uma entrevista com respeito bilateral se transformou em um espetáculo de mal-caratismo de ambas as partes, mas especialmente do brasileiro, que além de agredir o americano, insinuou que o mesmo deveria…