Meu nome é (O Que Você Quiser) Mentir@ Rezende

A comissão havia iniciado e o Presidente começou a falar:

– Muito bom dia a todos aqui presentes! Meu nome é Presidência Mentir@ Rezende, já agradeço a presença e atenção de cada um de vocês… Sou PhD em dizer ao povo o que quer ouvir. Graças a tal dom, estamos aqui, felizes e satisfeitos com as “soluções” que arranjo com dedicação e sugestividade.

O Presidente deu continuidade ao seu discurso:

– Sem mais delongas, gostaria de apresentar alguns problemas enfrentados pela chamada sociedade, (bah, nem sabem que quem constitui a sociedade são nossas opiniões), com intuito de procurar meios plausíveis a tais incômodos.

Depois de muitas apresentações e formalidades, o Presidente levou a reunião ao ápice de seu real tema:

– Não podemos disponibilizar verbas maiores à educação (porque recebo auxílio moradia, tendo AP em Brasília), por não possuir verbas suficientes nos cofres públicos. Sem maiores investimentos, não haverá possibilidade de desenvolvimento na qualidade e acessibilidade de vagas à maior parte da população brasileira (pobre).

O Deputado Federal Mentir@ Rezende tomou a palavra dizendo:

– Além do problema de acessibilidade às vagas da maioria, a minoria da população (deficientes físicos ou intelectuais) não terá condições de aprender sem uma infraestrutura que  lhes dê apoio.

O Presidente  propôs, então, retomando a fala:

– Com tantos problemas mais importantes que a educação brasileira a serem discutidos, proponho assim uma ideia que agradará a todos, além de se fazer, no contexto atual, estritamente necessária. Não pretendemos diminuir gastos com os nossos direitos (regalias), também não nos esforçaremos com problemas banais, tais como esse, desta maneira daremos à sociedade uma solução a curto prazo (que durará para sempre).

Assim listou:

 

PROBLEMAS

 

1º Problema – Aumentar a escolaridade da classe baixa, procurando diminuir a desigualdade social.

2º Problema – Sendo a classe baixa mais abundante no país, e sendo em sua maioria negros marginalizados, acessibilizar espaço a estes na educação.

3º Problema – Possibilitar a deficientes cognitivos e físicos o espaço e estrutura necessários a seu aprendizado.

4º Problema – Melhorar a qualidade do ensino público para permitir a estudantes impossibilitados de frequentar a educação privada o acesso a uma faculdade de qualidade.

5º Problema – Convencer a população de que o governo institui soluções plausíveis e funcionais para os problemas na educação.

 

SOLUÇÕES

 

1ª Solução – Cota para baixa renda.

2ª Solução – Cota para negros e pardos.

3ª Solução – Cota para deficientes.

4ª Solução – Cota para ensino público.

5ª Solução – Mentir e continuar enganando a sociedade, ignorante, pelo sistema implantado com esse propósito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *