Indie Games

Ser independente, esse é o sonho de qualquer adolescente (ou quase todos). Ora, senão o sonho de muitos produtores de games. Sabemos como, muitas vezes, investidores de grandes empresas de entretenimento podem ser um pé nas partes íntimas (NINGUÉM AQUI FALOU DE DCU – DC Universe), pior ainda quando essas empresas movimentam milhões por mês em vendas de “joguinhos”.

Ultimamente, na indústria do entretenimento, vemos uma migração muito grande para a área de games e séries com um “Q” de cultura pop retrô. Ressuscitamos filmes e músicas que nossos pais (em alguns casos, avós) amavam, estilizamos nossas vidas adaptando o velho ao novo. A cultura pop começa a apresentar um leve tom de renaissance. Jogos arte com referências históricas (não falando de Assassin’s Creed) surgem, quem financia esses caras? Quem são os novos mecenas?

Empresas grandes, nos últimos anos, têm sido cautelosas em arriscar títulos originais. Daí nos cansamos de ver remasterizações de clássicos antigos que calejaram nossos dedos e bolsos nas lan-houses, de sequências que já não fazem mais sentido. contudo compramos por sermos fãs da série. O mercado de games para nichos cada vez mais específicos se tornou raridade. Bem, se minha ideia não atinge um público abrangente (como se espera em uma empresa de grande porte), como eu vou lançar o meu jogo?

A resposta está no povo. Crowdfunding é a manifestação atual dos Mecenas. Não somos burgueses ricos para dar milhões por um jogo que queremos, mas podemos doar uns vinte reais ou mais para jogar aquele jogo que parece ter potencial. A indústria dos jogos indie tem crescido. Isso não quer dizer que as empresas de grande porte vão fechar as portas, o crescimento desses criadores de jogos independentes tem impulsionado essas grandes empresas a olhar para eles, comprar seus jogos ou voltar a ousar o lançamento de jogos originais e renovar antigas franquias.

Até lá, saiam dos seus consoles e olhem a Steam. Jogos indie não custam caro, não exigem muita potência no computador e tendem a ser bem impressionantes. Alguns viciantes e outros melhores do que gastar dinheiro em um cinema.

Aproveite a oportunidade, você pode não ter notado, mas o jogo da sua vida pode ter sido feito e você não percebeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *