Aparando as pontas

E agora? Vão prender o Lula, e depois?

Bem, toda a luta contra a corrupção acaba, não?

Vamos acabar com a maldição petista-comunista que assombra nossas pobres criancinhas. A violência vai cair no chão. A inflação vai deixar de existir. A educação vai subir até o teto.

Chega de esquerdopatas infiltrados nas nossas escolas. Chega dessas pessoas que roubam nossas terras e prejudicam o glorioso agronegócio. Afinal, são todos uns desocupados que não procuram emprego porque não querem.

Salve o Facebook, nossa preciosa fonte de conhecimento. Salve MBL, sempre corretíssimo com suas fontes e informações. Claro, todos esses doutores e jornais que difamam os pobres coitados são um bando de esquerdopatas.

Para não ficar só com os destros que olhemos pelos canhotos.

Salve a injustiça social e o sistema opressor! Sempre foi assim, e só dá pra mudar isso no grito. Não preciso ler Marx pra ser comunista.

Salvem a todos os injustiçados sociais, afinal, a justiça sempre foi dos direitos e da direita. Queremos os nossos também e esqueçam nossos deveres.

Diminuímos a igualdade social na base do like, mas ainda passamos reto entre aqueles que realmente precisam.

Somos um coletivo na hora de debochar dos direitistas, mas onde fica essa união quando se discutem as ideias? Temos um inimigo a derrotar! A ignorância? Não, a direita.

 E se olharmos por cima?

A mídia manipula a massa.

As redes sociais viraram redes de mentira.

Os políticos lutam por si e não pelo povo, ironicamente oprimidos e opressores. Que pisem, já garantiram o nosso voto.

Alimentam uma ideia simples, a existência de um inimigo comum e (adivinhe) uma promessa de um futuro melhor.

Caímos na mesmice. Tratamos política como tratamos os lençóis de um motel: sabemos o que se passa lá, mas negamos falar sobre isso. A diferença? Um é cuidar da vida dos outros, e o outro é cuidar de um país.

Enquanto nos roubam milhões, estamos mais preocupados com a prisão do suposto “Deus da corrupção”.

Hoje não temos mais cientistas políticos e sim paleontólogos políticos.

Que abram os olhos e fechem os Facebooks. Atentem os ouvidos para as verdades e ignorem as fake news.

E como o senhor prefere o corte de cabelo?

Só quero que apare as pontas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *